terça-feira, 11 de agosto de 2009

A escola pode ser legal


Hoje vamos conversar sobre uma escola legal... Antes, procuro refletir o que significa na língua portuguesa a palavra “legal” que é muito utilizada por todos nós.
Esta representa em nosso cotidiano, algo interessante, bom, bonito... “Legal” passou a ser um adjetivo que tenta expressar sempre algo positivo.
Ao buscar o significado da palavra legal no dicionário, encontramos muitas definições e algumas delas são: legal - amável, compreensivo (uma professora legal), interessante, curioso (uma dica legal), justo (uma decisão justa).

Assim, lembro-me de quando criança sempre me referir à escola de meus sonhos como sendo uma escola legal. Não me surpreendo quando vejo que em minha vida e provavelmente na de muitos que conheço; de se referir a uma escola legal, declarando alto e em bom som que passaram por uma “professora legal”. Essa para mim é a melhor definição!

E o quadro que vejo dessa época são as lembranças dos incentivos que tive, e por incrível que pareça eles sempre vieram dos professores vinculados a artes plásticas e outras tantas lembranças eram da merenda, lembrança agradável ao sentir os sabores. Parece que tudo era mais gostoso. E mais tarde lembro-me daqueles que trabalhavam na cantina. Sempre gostei de ouvi-los, eles possuíam as melhores histórias. Conheciam a escola de uma forma lúdica e muito criativa.

Mas, afinal o que significa uma escola legal? Com certeza significa que na vivência escolar os dois significados da palavra legal caminham juntos. Esta se reporta a uma educação de qualidade e amparada pela lei (legal) nacional.

A educação no espaço escolar deve discutir qual a concepção de escola em que acreditam. Essa concepção está refletida em seu projeto político pedagógico, como construção de uma filosofia de trabalho. Esta definição de educação traz um grande avanço para a cidadania, quando a educação passa a ser um direito de todos. A atual Constituição também chamada de “Constituição Cidadã”, pelos seus avanços nos direitos do cidadão, dispõe de um capítulo intitulado “Da Educação, da Cultura e do Desporto” no qual a seção I é destinada à educação (art. 205 ao art. 213)”.

Nela educação é definida como “(...) dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tendo por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho” (art. 2º).

Assim, percebemos que legalmente educação é responsabilidade de todos e que é necessária à estreita relação entre Estado, sendo representado pela escola pública e a família.

Mas, compreender os avanços educacionais passa pela percepção que tenho do que seja uma escola “legal”. Parece que temos que unir esforços para ampliar essa concepção, que passa pelos diferentes atores: pais, alunos, professores e comunidade. Um dos principais componente desse cenário, os pais necessita ser ouvido, para atendermos o que eles esperam da escola e quais os princípios e valores que norteiam a educação que se quer implantar.

Hoje, entendemos que muitos professores acreditam que é fundamental a participação da família na construção de uma escola de qualidade e com muita responsabilidade construir o melhor currículo para essa comunidade.

Só assim compreendo que uma escola legal, tem o compromisso no Amor e na escolha de todos que assumiram essa profissão, construindo com os seus parceiros uma sociedade democrática.

Com certeza o caminho é longo, percorrer os caminhos viáveis, independente que uma legislação venha nos autorizar e sim de vontade política. E com certeza entender melhor a infância e suas etapas de desenvolvimento humano, vem contribuir em um maior compromisso e responsabilidade de todos que participam desse processo.

Vejo que no cenário educacional quando relatamos uma escola legal, sempre nos vem à mente uma sala de aula confortável, com uma aula agradável e bons professores. É inegável que o conforto nos trás um bem enorme, porém nenhum avanço "tecnológico" irá substituir o contato humano entre professor x aluno. O maior conforto e segurança que um professor consegue construir no seu trabalho diário; é o de conhecer e reconhecer o seu aluno como um indivíduo único. É daí que nasce a verdadeira escola legal, esta se vê em construção e com uma identidade própria.

Por mais que avancemos a escola guarda em si o mistério, a curiosidade de ser um espaço de idéias e ideais, onde guardamos o nosso maior patrimônio- o conhecimento. Ainda não existe um lugar mais confortável que este, que democraticamente evolui o pensamento educacional. Portanto, a escola permanece a despeito de tudo e de todos, no rol dos livros técnicos, sendo descoberta e construída por diferentes pensadores o que seja uma escola legal.

Um comentário:

Chico disse...

Olá, amiga, parabéns pelo seu blog.
Estou acompanhando como seguidores.
Bjão.